Versão mobile em manutenção. Acesse a versão desktop.

SERTA » O Serta

Conheça
o Serta

Serviço de Tecnologia
Alternativa
QUEM SOMOS

O Serta – Serviço de Tecnologia Alternativa – é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que tem como Missão formar pessoas para atuarem na transformação das circunstâncias econômicas, sociais, ambientais, culturais e políticas e na promoção do desenvolvimento sustentável, com foco no campo.
A organização foi fundada em 1989 a partir de um grupo de agricultores, técnicos e educadores que desenvolviam em comunidades rurais uma metodologia própria para a promoção do meio ambiente, a melhoria da propriedade e da renda e o uso de tecnologias apropriadas. Desde sua origem, teve como foco o desenvolvimento e reconhecimento da importância da agricultura familiar.
Atua a partir de duas Unidades Pedagógicas: em Ibimirim, às margens do Açude Poço da Cruz, e, em Glória do Goitá, no Campo da Sementeira. Foram constituídas, nos dois campi, escolas técnicas de formação profissional – Centro Tecnológico da Agricultura Familiar – na categoria de curso profissional de Técnico de Nível Médio em Agroecologia.

Visão
Ser inspiração para o fortalecimento de redes de Educação transformadora, de movimentos agroecológicos, de construção e disseminação de tecnologias sociais, colaborando para a efetivação de políticas públicas de desenvolvimento sustentável através do compartilhamento do PEADS.

Valores
Cooperação. Solidariedade. Transparência. Entusiasmo. Respeito à diversidade. Ética. Afetividade. Compromisso institucional. Crença nas pessoas. Respeito ao meio ambiente. Valorização das especificidades locais.

Objetivos Estratégicos
1. – Criar e consolidar Política de Sustentabilidade Organizacional
2. Fortalecer o Modelo de Gestão compartilhada e democrática
3. Ampliar e Qualificar a oferta dos serviços de educação transformadora em vários níveis e modalidades por meio do PEADS
4. Ampliar o trabalho das redes de educação transformadora, de movimentos agroecológicos e da construção e disseminação de tecnologias sociais nos territórios.
5. Fortalecer a capacidade de incidir na criação e operacionalização de Políticas públicas de desenvolvimento sustentável.

UNIDADE

GLÓRIA
DO GOITÁ

Ficha técnica

Área: 15 hectares.
Distância (Recife): 65 km.
Estrutura: Salas de aula, auditório, restaurante, dormitórios, área de lazer e esportes, ecotecnologias alternativas.

Rodovia PE 50 - Km 14 | Campo da Sementeira, S/N | Zona Rural, Glória do Goitá - PE

Ficha técnica

Área: 6 hectares.
Distância (Recife): 345 km.
Estrutura: Salas de aula, auditório, restaurante, dormitórios, ecotecnologias alternativas.

Açude Engenheiro Francisco Saboya, S/N | Povoado Poço da Cruz | Zona Rural - Ibimirim - PE

UNIDADE

IBIMI
RIM

Ecotecnologias

Disseminamos, criamos e implementamos ecotecnologias que buscam atender às necessidades humanas no campo das seguranças alimentar e nutricional, a serviço da agroecologia, fazendo uso de recursos e energias sem que causem danos ecológicos ao meio ambiente.

Nesta cessão, apresentamos algumas das ecotecnologias que estão reunidas nas Unidades Pedagógicas de Produtivas de Orgânicos – UPPO. Este ambiente, localizado nos campi Glória do Goitá e Ibimirim/PE, reúne dezenas de tecnologias sociais apropriadas à realidade do campo, desenvolvidas e/ou aplicadas na interação com pesquisadores/as, educadores/as e estudantes do curso técnico de agroecologia, e que apresentam soluções para a inclusão e melhoria das condições de vida, especialmente para a população rural.

O lugar recebe, anualmente, milhares de visitantes que buscam conhecer de perto a experiência. Agende uma visita e conheça.

METODOLOGIA

Os princípios, que constituem a base filosófica do Serta, são inspirados em vários autores e vêm sendo reelaborados a partir da prática dos seus educadores e técnicos. As bases do Programa Educacional de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável vêm sendo desenvolvidas desde 1994 e resultam de reflexões e práticas em escolas, programas assistenciais, formação de produtores, educadores e jovens. Alguns dos componentes do Peads foram, inclusive, incorporados ao documento Diretrizes Operacionais para Educação do Campo, elaborado pelo Conselho Nacional de Educação e homologado pelo Ministério da Educação (MEC).

O Peads trabalha com sistemas formais e não-formais de educação, sempre na perspectiva da mobilização social e da construção de bases tecnológicas e sociais que o desenvolvimento sustentável requer. Em todo Brasil, o Serta se tornou referência na proposição e implantação das diretrizes curriculares para as escolas do campo. Atualmente, em aproximadamente 70 escolas de 15 municípios, a metodologia Peads orienta a formação de professores/as.

O Peads trabalha simultaneamente o ensino, a pesquisa e a extensão como instrumentos de inovação, transformação e inclusão social. O processo educativo consiste em investigar as atividades econômicas e as variáveis governantes que inibem o desenvolvimento local dos territórios onde os jovens e os educadores atuam e vivem.

É uma metodologia que promove o desenvolvimento de diversas competências através de ações de sensibilização, pesquisa, problematização, desdobramentos e intervenções capazes de transformar a realidade existente estimulando a autonomia e o protagonismo dos sujeitos sociais da comunidade. Na prática, o Peads se diferencia na medida em que elege:

1. A escola e o aluno como produtores de conhecimento sobre a realidade, em apoio aos processos de desenvolvimento em curso;

2. O adolescente como protagonista e liderança capaz de modificar o seu entorno e as circunstâncias em que vive;

3. A família, como parceira pedagógica, fonte de soluções e não de problemas.

O emprego do Peads transforma os sujeitos sociais em co-autores e co-executores do processo de desenvolvimento. Está aberta ao diálogo com outras metodologias especialmente o Protagonismo Juvenil e a mobilização social. O Peads se estrutura em quatro etapas: pesquisa, análise e desdobramento, devolução para a ação, e avaliação.

O mérito maior do Peads e do Serta é ter conseguido desenvolver um Programa Educacional que interage com a Escola Formal, com o sistema regular de ensino e, ao mesmo tempo, integra, numa síntese, as contribuições da Educação Popular e das experiências complementares à escola.

PEADS

O Peads – Programa Educacional de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável é uma pedagogia criada e sistematizada pelo Serta, a partir da experiência com educadores/as e educandos, sob a maestria do filósofo Abdalaziz de Moura, sócio fundador da organização, que durante os anos de atuação pode perceber, diagnosticar e reformular o método de educação que se encontrava distante da identidade, do contexto local dos estudantes do campo.

Aqui, é possível baixar artigos, relatórios e estudos aprofundados sobre a história do Peads e os principais relatos da experiência, nacionalmente reconhecida e premiada, que se tornou itinerário pedagógico de todos os projetos desenvolvidos pelo Serta, adotada por dezenas de instituições do ensino informal e formal, da educação infantil ao ensino superior.

Conheça
nossos
projetos
PROJETOS

OS PROJETOS desenvolvidos pelo Serta são elaborados e negociados com os financiadores e/ou parceiros dentro da área de atuação da organização. Os projetos, portanto, devem fortalecer e ampliar os objetivos do Serta. A linha de ação do Serta enfatiza o respeito ao meio ambiente e a promoção do desenvolvimento sustentável.

Os campi do Serta contam com uma propriedade modelo chamada Unidade Pedagógica Permacultural de Observação – UPPO. Lá, os visitantes e estudantes têm a possibilidade de conhecer tecnologias de manejo de solo, água, animais e plantas.

O Serta atua a partir de dois campi: em Ibimirim, às margens do Açude Poço da Cruz, e, em Glória do Goitá, no Campo da Sementeira.

Todos os dias da semana o Serta recebe visita de pessoas e instituições. Uma visita ou uma aula na UPPO serve como oportunidade para conhecer não só as tecnologias de manejo como também as bases filosóficas do Serta, sua concepção de mundo, de natureza e das relações entre pessoa e natureza.

O espaço funciona de segunda a sábado, de 8h às 17h, e é aberto ao público no geral. É necessário agendar pelos fones (81) 3658 1226/1265 ou através do formulário de contato.

Alexsandra Maria da Silva – Presidente
Rildo Tomé de Gouveia – Vice-presidente
Aline de Melo Correia – Primeira secretária
Leandro Pacheco da Silva – Segundo secretário
Niedja do Nascimento Nazário – Primeira tesoureira
Marcílio Ferreira – Segundo tesoureiro
Bruna Manoela Pereira de Lima
Maria Madalena da Silva
Paulo Roberto de Lima
Luciana Luiza da Silva
Henrique Lee
Maria de Lourdes Gomes Vieira
Gilmar Correia Dias
Lindicleide Maria da Silva
Maria do Carmo da Silva
Niedja do Nascimento Nazário
Abdalaziz de Moura Xavier de Morais
Alexsandra Maria da Silva
Antônio Roberto Mendes Pereira
Élio Jose de Souza
Germano de Barros Ferreira
Janaína Maria Gonçalves
Josivan Precino do Nascimento
Leandro Pacheco da Silva
Marcilio Ferreira
Maria de Lourdes Gomes Vieira
Paulo Jose de Santana
Rildo Tome de Gouveia
Sebastião Alves dos Santos
Valdiane Soares da Silva
Adelma Anita da Silva
Adriana Correia da Rocha Dantas
Aline de Melo Correia
Ana Lucia de Lima Ferreira
Antônio Melo da Silva
Cicero Rinaldo dos Santos
Edemilson Jose da Silva
Edjane Josefa dos Santos
Edmilson Porfirio Batista
Erika Tattyany da Silva
Fabiana Maria Gomes
Gláucio Cavalcanti da Silva
Itamires Kaline de Souza
João Joaquim de Santana
João Lopes da Silva
João Rodrigues da Silva Filho
José Amaral da Silva
Luciana Luiza da Silva
Luciana Maria de Souza Gomes
Maria de Lourdes dos Santos Avelino
Maria Edilene Gomes da Silva
Maria Madalena da Silva
Maria Valdilene Hortêncio
Paulo Jose de Araújo
Sandra Maria da Silva
Valdir Soares da Silva
Zuleide Bezerra dos Santos
Ivone Sulamita De Farias
José Fabio Cordeiro de Souza
Salete Barbosa de Oliveira
Ana Karina Soares Luna
André da Costa Padilha
Claúdia Rejane da Silva
Elizabeth de Abrahão Chamié
Germano de Barros Ferreira
Guimarães José da Silva
Leonardo de Moura Souza
Maria de Lourdes Gomes Vieira
Anderson Severino da Silva
Claudemir Ferreira da Silva
João Victor do Sabino da Silva
João Vitor do Nascimento Correia
Nivaldo Nery Rodrigues Neto
Paulo José de Santana
Gilmar Correia Dias
Rubenice Maria de Freitas
Bruna Manoela Pereira de Lima
Iraci Helena do Nascimento
Janaina de Santana Silva
Lucimaria Maria Ferreira
Rinaldo Gomes de Souza
Valdiane Soares da Silva
Iraildo Santos Pereira
Tibério P. Monteiro
PCA Pires Contabilidade e Auditoria LTDA