Serta realiza distribuição de 1mil cestas básicas

Publicado por Henrique Lee em 26 de maio de 2020

Foto: @henriqlee / SERTA

O Serta está levando alimentos para centenas de famílias, em Pernambuco. São mil cestas básicas que estão sendo distribuídas a famílias de comunidades em situação de vulnerabilidade social, localizadas nos municípios de Betânia, Cabo de Santo Agostinho, Glória do Goitá, Ibimirim, Inajá, Manari, Timbaúba e Tracunhaém, com entregas de 25 de maio a 1 de junho.

Em Ibimirim, sertão do Moxotó, a distribuição iniciou nesta segunda-feira (25). Já em Glória do Goitá, município do interior que tem apresentado um dos maiores índices de infectados pelo novo coronavírus, a entrega iniciou nesta terça-feira (26), na Zona Rural. Já no Cabo, Região Metropolitana do Recife, acontece dia 29, nas comunidades Vila Claudete e Engenho Massangana.

Os produtos foram adquiridos a empreendimentos locais, com inclusão de produtos da agricultura familiar, visando contribuir com a renda dos pequenos negócios afetados pelos efeitos econômicos negativos desencadeados no atual período.

“O Serta conseguiu oportunizar milhares de pessoas, tanto as famílias que receberam  alimentos e materiais de limpeza e higiene, quanto cooperativas locais que forneceram feijão e farinha, a terem melhores condições de vida nesse momento onde a crise provocada pelo coronavirus tem se instalado. E tudo isso está sendo possível com o apoio da BB Seguros, do banco BV, da Coopeforte e do Banco do Brasil, por meio da Fundação Banco do Brasil, e com a equipe de colaboradores/as do Serta que iniciaram esta ação com muito carinho e cuidado para que as doações cheguem e as pessoas permaneçam seguras e protegidas da COVID-19”, considera a coordenadora da ação Niédja Nazário, diretora do Serta.

Famílias chefiada por mulheres, pescadores, moradores de assentamentos, quilombos e famílias cadastradas em projetos sociais do Governo são o público alvo da ação, que foram identificados pelo Serta. Na comunidade Poços, de Glória do Goitá, a agricultora Érica da Silva comemorou o benefício: “eu raspo mandioca, e por causa desse momento do vírus que está por aí, eu não estou trabalhando e não tenho como arrumar nada. E essa comida vai ser uma grande ajuda. Chegou na hora certa”.

A ação tem realização da Fundação Banco do Brasil, Banco do Brasil, a BB Seguros, o banco BV e a COOPERFORTE, por intermédio do Serta.



Deseja contribuir com essa iniciativa?
Banco do Brasil: AG 2081-8 | C/C 8437-9