Versão mobile em manutenção. Acesse a versão desktop.

SERTA » Projeto de compra e doação de alimentos beneficia famílias na crise provocada pela pandemia
Notícias

Projeto de compra e doação de alimentos beneficia famílias na crise provocada pela pandemia

12/07/2021 | 11h:40
por Eduardo Amorim

Foto: Thairony Alexandre/SERTA

No Médio Sertão alagoano, no município de Santana do Ipanema, o Projeto de Compra e Doação Simultânea de Alimentos tem fortalecido a produção e comercialização de agricultores/as familiares, na crise provocada pela Covid-19.

“A gente não estava indo pra feira. Aí veio esse Projeto e ajudou bastante. A gente estava com a verdura no ponto de vender, e não tinha onde vender porque estava fechada a feira por conta da pandemia. Além de ajudar minha família está ajudando outras famílias que está precisando”, conta o agricultor familiar Dalison Barbosa.

“Nós decidimos fazer um Projeto através da reversão de multas e indenizações pelo descumprimento da legislação trabalhista, para garantir segurança alimentar a população em vulnerabilidade social do interior alagoano”, explica o Procurador do Trabalho, Tiago Muniz Cavalcanti.

“O Projeto fez um trabalho de mobilização desses agricultores na região de Santana do Ipanema, e com base no diagnóstico dessa produção existente, foi feito um cardápio para formação de uma cesta”, explica Ivone Sulamita, coordenadora do Projeto.
Os grupos selecionados entregam os produtos que viram cestas, com hortaliças, galinha caipira, batata doce, macaxeira, banana, ovos, bolos e frutas congeladas tipo polpa.

“Essa chamada Pública chegou num bom momento. Mais uma porta de saída pra gente escoar nossa produção”, diz o agricultor familiar Valdemir dos Santos.

“A mim e o meu grupo, a gente estava desempregado, sem ter renda e, quando apareceu essa oportunidade, nós seguramos com as duas mãos. Começamos a produzir bolos, estamos vendendo entorno de trezentas unidades para o Serta, todo mês. São oito famílias que estão sendo beneficiadas na produção de bolos”, revela o agricultor Tiago Lemos.

Assim que adquiridas, as cestas são entregues a representante de famílias em situação de insegurança alimentar, de comunidades periféricas da cidade.

Chegou em um bom momento. Eu estava muito precisada. Não tinha nada pra comer. Ajudou muito”, conta, aliviada, Maria Cristina, dona de casa.

O Projeto de compra e doação simultânea de alimentos, realizado pelo Serta, apoiado pelo Ministério Público do Trabalho de Alagoas, via Vara do Trabalho de Santana do Ipanema, tem a parceria técnica da Superintendência Regional do Trabalho de Pernambuco.

“Durante seis meses, essas famílias receberam 19 a 20 quilos de alimentos. Então, assim, o Projeto além de auxiliar essas famílias, também fomentou a renda tanto dos produtores rurais que estavam fornecendo para o projeto quanto para os forneceres dos empreendedores rurais. Gerou uma movimentação financeira naquele território”, explana o analista de políticas sociais da Superintendência Regional do Trabalho de Pernambuco, Vinícius Lobo.

“Hoje, com a chegada da feira, vai ser macaxeira, ovos e o café. Tou muito feliz”, comemora Dona Maria.

 

Assista ao vídeo: