Mais de 100 pessoas participam do lançamento do Projeto Semear

Publicado por Eduardo Amorim em 28 de maio de 2021

Lançamento do Projeto Semear foi realizado online para atender necessidade de isolamento social diante da pandemia

 

Foi realizado, nesta última quinta-feira (27), o lançamento do projeto Semear, que tem como objetivo a formação de 100 técnicos em agroecologia. O curso recebeu inscrições de jovens e adolescentes dos municípios de Glória do Goitá, Vitória de Santo Antão, Chã de Alegria, Lagoa de Itaenga e Feira Nova, demonstrando o compromisso da ONG de continuar a contribuir para o desenvolvimento da Zona da Mata Norte, além de outros projetos que estão neste e nos demais territórios de Pernambuco e de outros Estados do Nordeste.

O Semear é um projeto desenvolvido com recursos do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Glória de Goitá – COMDICA, através de incentivos fiscais. A iniciativa tem apoio da Prefeitura de Glória de Goitá e financeiramente das empresas Nissin, Elo, Chesf e Brasilcap. Também contaremos com parcerias dos Governos municipais dos cinco municípios beneficiados, que inclusive ficarão responsáveis pelo transporte dos estudantes quando for possível restabelecer as aulas presenciais.

“Hoje Glória do Goitá é referência em agricultura orgânica de base agroecológica e a gente precisa de cada vez mais de profissionais com formação, já que formar nossos jovens em agroecologia é pensar no futuro”, disse a prefeita Adriana Paes. As cinco gestões municipais estavam representadas na atividade também com os prefeitos de Feira Nova, Danilson Gonzaga; de Chã de Alegria,Tarcisio Macena; e os secretários municipais de Vitória de Santo Antão, Luiz Jorge, e de Lagoa do Itaenga, Deyvid Andrade.

“A aula inaugural contou com muita participação, parceria, sinergia e animação, envolvendo 112 pessoas entre estudantes, gestores públicos, diretoria do Serta e equipe do SERTA e do projeto, conselheiros e empresas financiadoras. A diretoria do Serta agradece a toda equipe envolvida, gestores municipais e investidores pelo compromisso e desenvolvimento da juventude, do território e da Agroecologia. Viva ao SERTA, Viva a Agroecologia”, comemorou a presidenta da ONG, Alexsandra Maria da Silva.

Educador do SERTA, Juliano Petrovich, iniciou as atividades lendo uma poesia e ficou responsável pela apresentação do Projeto Semear com o apoio da diretora Niédja Nazário. Em seguida foram apresentadas duas outras organizações do território que participarão do trabalho, o Giral – Grupo de Informática, Comunicação e Ação Local, com formações na área de comunicação e a Acreditar – Capital Humano e Transformação Social, com a formação de educação financeira, para que estes estudantes possam de forma mais qualificada os seus projetos de vida.

Iniciaremos as aulas remotamente devido a pandemia da COVID-19, os 103 jovens aprovados terão aulas de Introdução à História da Agricultura Familiar, Comunicação e Expressão, Introdução à Permacultura e Introdução à Educação do Campo neste primeiro módulo. A expectativa de todos é que brevemente poderemos ter as aulas no regime presencial.

“Quero parabenizar a todos os educadores e também aos estudantes pela capacidade de se reinventar neste momento desafiador”, comemorou o presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Glória do Goitá, Gilson do Amaral. O Projeto Semear foi idealizado para funcionar se revezando em tempo escola, com atividades presenciais, e o tempo comunidade (em que os estudantes desenvolvem atividades nas suas propriedades, estudam e atuam nas suas comunidades), porém será iniciado online para atender às recomendações do Governo do Estado de Pernambuco.

Você é um dos 103 estudantes aprovados no Projeto Semear? MATRICULE-SE AQUI.



Deseja contribuir com essa iniciativa?
Banco do Brasil: AG 2081-8 | C/C 8437-9